News

Servilusa opens in Cascais the best Funerary Center in the country

23/05/2016

A Servilusa inaugura hoje em Alcabideche, concelho de Cascais, o melhor Centro Funerário do país, com forno crematório.Um projeto de elevada qualidade, que traduz um novo conceito, onde a preocupação com o conforto e a tranquilidade das famílias esteve sempre presente, desde a conceção até à conclusão. Representa um investimento de 1.6 milhões de euros em infraestruturas e equipamentos, e resulta da visão e liderança da maior e mais moderna empresa funerária do país, que iniciou este plano de construção de Centros Funerários e Crematórios em 2008, com a inauguração do Centro Funerário de Elvas, seguido do Centro Funerário da Figueira da Foz, do Crematório de Rio de Mouro, Crematório da Póvoa de Santa Iria e, mais recentemente, em 2014, com Centro Funerário da Lapa, no Porto. 

Os trabalhos de construção e acabamentos do Centro Funerário de Cascais, com mais de 900 metros quadrados de área coberta, realizaram-se em 10 meses. O forno crematório tem uma capacidade máxima de duas mil cremações/ano, sendo que a estimativa operacional da Servilusa aponta para uma média de mil cremações/ano, nos seus primeiros dois anos de atividade, gerando três novos postos de trabalho directos e cinco indirectos. 

Paulo Carreira, Diretor Geral de Negócio da Servilusa, confessa-se naturalmente satisfeito com o projeto, destacando que «este centro Funerário de Cascais pretende responder, de forma eficaz e com a qualidade característica da Servilusa, às necessidades da população do concelho de Cascais. Assim, entre as inúmeras e inovadoras características deste Centro Funerário, gostaria de destacar em primeiro lugar as excelentes condições proporcionadas a todos os utilizadores, os acessos diferenciados para famílias e operadores funerários; as duas salas de velório, modulares, muito espaçosas e com área reservada para a família mais próxima; o gabinete de apoio da Servilusa, os serviços de florista, a sala para crianças, a cafetaria com acesso a jardim interior, a capela para cerimónias ecuménicas, a sala de despedida, a sala de tanatopraxia e um forno crematório dotado da mais recente e inovadora tecnologia, totalmente digital, e com elevada eficiência energética». 

Esta aposta da Servilusa, possível pelo trabalho de parceria desenvolvido com a Câmara Municipal de Cascais, vem dotar Cascais de um equipamento de grande relevo social e, ao mesmo tempo, pela sua qualidade estética e ambiental, contribuir para requalificar a área envolvente do Cemitério de Alcabideche. 

Por sua vez, o gestor da Servilusa sublinha ainda que «o novo edifício, onde se encontra o forno crematório, beneficia de uma excelente localização geográfica. Além disso está dotado de equipamentos de ultima geração, fazendo uso de tecnologia capaz de controlar o processo de cremação, o que reforça o compromisso da Servilusa no cumprimento das inúmeras certificações de qualidade de que é titular, designadamente a NP ISO 14001-Gestão Ambiental». 

No exterior do novo Centro Funerário da Servilusa, além de parque de estacionamento, destaca-se a vasta área ajardinada, com mais de 720 arbustos e 112 árvores em jardim e taludes, gerando um impacte visual deveras agradável e um elevado conforto de utilização para os visitantes